Faça exercícios e acalme a ansiedade

A tensão constante pode interferir no sucesso do tratamento de doenças crônicas

A tensão constante pode interferir no sucesso do tratamento de doenças crônicas

Pessoas que sofrem de ansiedade podem encontrar algum alívio dos sintomas por meio da prática regular de exercícios físicos.

Frequentemente a ansiedade acompanha doenças crônicas como o diabetes e as doenças cardiovasculares. A tensão constante a que as pessoas com essas doenças estão sujeitas pode interferir no sucesso do tratamento. Deve-se prestar atenção porque, muitas vezes, elas não apresentam sintomas de ansiedade, apesar de sofrerem da condição.

Atividades como caminhadas ou levantamento de pesos, além de terem um custo baixo, são boas formas de redução da ansiedade em doentes crônicos.

Em um estudo publicado no Archives of Internal Medicine, o exercício físico reduziu 20% de sintomas como preocupação, apreensão ou nervosismo em pessoas que sofriam de doença cardíaca, esclerose múltipla, câncer ou dor crônica causada pela artrite. Isso acontece também em pessoas cujos níveis de ansiedade não são muito elevados.

Assim:

  • Faça exercício durante períodos de 30 minutos – espaços curtos de tempo são mais eficazes na redução dos sintomas;
  • O programa de exercícios deve durar entre 3 a 12 semanas – períodos superiores consecutivos já não trazem tantos resultados. Faça um intervalo curto (1 semana) e retome o programa.

Ou seja, como se pode ver, está comprovado que o exercício não só nos faz sentir melhor como tem efeitos mensuráveis na redução dos sintomas de ansiedade.

 

CORP-1162377-0013 PRODUZIDO EM JULHO/2016 VÁLIDO POR 2 ANOS

Chat