Postado em 13/12/2018

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cefaleia (SBC), 70% da população brasileira sofre com as dores de cabeça.

As dores de cabeça causam desconforto e afetam a qualidade de vida das pessoas. A SBC estima que existam mais de 200 tipos de dor de cabeça, desde enxaquecas até cefaleias. As causas para as dores de cabeça são inúmeras e podem estar relacionadas a febre, excesso de estresse ou outras causas, como sinusite, por exemplo.
As dores de cabeça são normalmente divididas em dois grupos:

  • Cefaleia primária: dores decorrentes de outras doenças ou ainda sem causa determinada.
  • Cefaleia secundária: dores relacionadas a tumores, aneurisma ou sinusite.

É importante conhecer os tipos mais comuns de dores de cabeça para que os sintomas delas não sejam confundidos com problemas mais sérios. As cefaleias primárias e benignas, que podem ser caracterizadas como enxaqueca, cefaleia tensional e cefaleia em salvas, correspondem a 90% das dores de cabeça. Entender as diferenças entre os tipos mais comuns pode a(o) ajudar a tomar medidas eficazes e seguras.

Quais os tipos de dor de cabeça?

  • Dor de cabeça tensional

A cefaleia tensional é principalmente causada por estresse e atinge mais mulheres do que homens, além de ser o tipo mais comum de dor de cabeça na população. Má postura, ansiedade e dormir em uma posição desconfortável podem causar esse tipo de dor de cabeça, caracterizado por uma sensação de pressão em toda a cabeça, que pode se estender até os ombros.

 

  • Cefaleia em salvas
Cefaleia em salvas

Caracterizada por uma intensa dor unilateral, a cefaleia em salvas é rara e mais frequente em homens. Uma crise pode durar de 30 a 180 minutos, atingindo apenas um lado da face e a região ao redor da órbita ocular. Além do incômodo, a dor de cabeça pode vir acompanhada de vermelhidão e lacrimejamento do olho, inchaço da pálpebra, coriza e congestão nasal.

 

  • Enxaqueca
Enxaqueca

A enxaqueca causa dores de cabeça muito intensas, geralmente em apenas um dos lados da cabeça. As crises duram, em média, 3 horas, mas podem permanecer por até 72 horas, causando náuseas, vômitos, tonturas e sensibilidade à luz, ao barulho e até a alguns cheiros. A enxaqueca costuma ser hereditária e é três vezes mais comum em mulheres. Crises de enxaqueca podem ser desencadeadas por alterações hormonais, alimentação desequilibrada e estresse.

 

  • Dor de cabeça associada à sinusite
Dor de cabeça associada à sinusite

A inflamação dos seios nasais causada pela sinusite pode desencadear dores de cabeça e na face. Essas dores geralmente pioram ao abaixar a cabeça ou ao se deitar. Durante as crises, é comum apresentar sintomas como dor nos olhos e ao redor do nariz, congestão nasal, tosse e febre.

 

Conhecer as principais características de cada tipo de dor de cabeça pode ajuda-lá(o) a diferenciar uma cefaleia simples de algo mais grave. Procure sempre a orientação de um(a) médico(a) para garantir que o tratamento seja o correto para cada tipo específico de dor de cabeça e evitar que a gravidade dos sintomas aumente.

 

 

CORP-1272663-0000 PRODUZIDO EM OUTUBRO/2018 VÁLIDO POR 2 ANOS

Você Sabia?

Um estilo de vida saudável é fundamental para manter e melhorar o bem-estar e a saúde!

O segredo está nas pequenas mudanças em sua vida.

Não fumar, evitar o consumo de bebidas alcoólicas em excesso e manter um peso adequado são algumas das muitas formas que existem para iniciar uma vida saudável.

 

O segredo está nas pequenas mudanças em sua vida.

Já conhece os nossos livros de receitas?

Clique e veja aqui
É possível comer bem e de forma saudável! Baixe nossos LIVROS DE RECEITAS e descubra pratos deliciosos que irão favorecer a sua saúde.