Uma boa alimentação é fundamental para a saúde do coração

A ingestão de gorduras em excesso pode levar ao acúmulo dessas substâncias nas paredes dos vasos sanguíneos

Manter uma alimentação saudável é fundamental para ter um coração de ferro! A ingestão de gorduras em excesso, por exemplo, pode levar ao acúmulo dessas substâncias nas paredes dos vasos sanguíneos, o que pode resultar em acidentes cardiovasculares ou cerebrovasculares.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o cidadão brasileiro consome muitas calorias e não ingere os nutrientes necessários para uma alimentação saudável e equilibrada. Cerca de 60% dos brasileiros consomem uma quantidade de açúcar acima da recomendada pelo Ministério da Saúde, e 82% deles excedem o consumo diário de gorduras saturadas. A análise do IBGE também indica que alimentos como pizza, salgadinhos industrializados, biscoitos recheados, doces e refrigerantes são as principais fontes do excesso das gorduras saturadas e do açúcar.

Segundo um levantamento realizado pelo hospital estadual Dante Pazzanese, que é referência em cardiologia em São Paulo, a maioria dos pacientes com doenças cardíacas desconhece os tipos de gordura que fazem bem à saúde.

Quais são então as recomendações para se manter uma boa saúde cardiovascular?

Para proteger o coração, evite o consumo excessivo de gorduras trans e saturadas, como frituras, alimentos empanados ou folhados, manteiga e carnes gordas, as quais contribuem para aumentar os níveis do “mau” colesterol e, consequentemente, o risco de desenvolvimento das doenças cardiovasculares, assim como o consumo excessivo dos açúcares, do álcool e do sal.

Coma frutas e vegetais diariamente para garantir um consumo adequado de fibras, vitaminas e minerais. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda a ingestão diária mínima de cinco porções de frutas e vegetais, e muitos estudos demostraram uma relação entre a ingestão desses tipos de alimentos e a diminuição do risco de desenvolvimento das doenças cardiovasculares.

O ômega 3, uma substância presente no salmão, no atum e na sardinha também é essencial, pois contém ácidos graxos poli-insaturados, que ajudam a reduzir os níveis do colesterol “ruim” e a aumentar os do colesterol “bom”.

 

CORP-1162377-0022 PRODUZIDO EM MAIO/2017 VÁLIDO POR 2 ANOS

Chat