Diminua o desperdício de alimentos

Junto com a inutilização, muito dinheiro acaba indo para a lixeira

Quem nunca esqueceu algum alimento na geladeira ou na despensa e só lembrou dele tarde demais? O desperdício de alimentos, infelizmente, é algo bem comum, porém junto com a inutilização, muito dinheiro acaba indo para a lixeira.

Se você quer diminuir o desperdício e economizar, confira algumas dicas a seguir:

  • Preste atenção na data de validade antes de comprar. Além de não levar produtos próximos do vencimento por engano, é interessante verificar a data de validade tanto do item que você pegou como dos outros que estão na mesma prateleira. Frequentemente, os mercados posicionam os produtos mais próximos do vencimento à frente da prateleira e colocam os mais frescos ou com a data de validade mais distante no fundo dela.
  • Quando comprar carne, peça pelos cortes mais frescos. Por mais tentador que seja pegar uma bandeja de carne já embalada no mercado ou no açougue, nem sempre essa é a melhor opção. Isso porque é difícil avaliar a qualidade da carne apenas pela aparência. Se tiver a opção de falar com o açougueiro, pergunte a ele qual a peça de carne que está mais fresca e qual corte está melhor.
  • Guarde os seus alimentos de forma apropriada. A forma e o local onde os alimentos são acondicionados fazem muita diferença para a sua conservação. A carne crua, por exemplo, deve ser armazenada na parte mais fria da geladeira e longe dos alimentos prontos para o consumo, para evitar a contaminação. Os laticínios devem ficar na parte de trás da geladeira, não na porta. Os itens secos também precisam de cuidados, por isso, guarde os alimentos enlatados ou que vêm embalados em locais frescos e protegidos da luz, longe de qualquer fonte de calor. As nozes e as farinhas integrais podem ser guardadas na geladeira ou no freezer.
  • Inspecione os alimentos antes de comprá-los. Às vezes, entramos no modo automático quando fazemos as compras e só nos damos conta de ter uma embalagem amassada ou de uma fruta machucada na hora de guardar tudo em casa. Para evitar esses contratempos, foque no que está fazendo e inspecione tudo antes de colocar no carrinho ou na cesta do mercado, da feira ou do sacolão. Isso vai evitar o trabalho de voltar ao estabelecimento para trocar o produto ou até mesmo o desgosto de ter de jogá-lo no lixo.
  • Planeje-se. Antes de fazer as compras, dê uma boa olhada no que você já tem nos armários e na geladeira e faça uma lista do que falta. Assim, você evita comprar itens repetidos e esquecer de algo de que realmente precisa. Quando estiver guardando o que comprou, dê uma olhada geral e coloque os itens com a data de validade mais próxima à frente nas prateleiras ou em algum lugar de fácil visualização. Faça essa inspeção dos itens e das suas datas de validade pelo menos uma vez por semana. Isso também pode ajudar na hora de decidir qual será o cardápio da próxima refeição.
  • Pense pequeno. Por mais que as embalagens grandes possam parecer mais vantajosas do ponto de vista financeiro, economizar alguns reais de nada servirá se a quantidade do alimento a mais estragar e ele for direto para o lixo. Por isso, procure comprar os ingredientes nas quantidades certas para as receitas que tem em mente, ou então planeje o que poderá ser feito com o restante, para que o alimento não seja desperdiçado.

 

 

CORP-1162377-0022 PRODUZIDO EM MAIO/2017 VÁLIDO POR 2 ANOS

Chat