Alimentos benéficos para a saúde respiratória

Diversos estudos comprovam que existe uma ligação entre a nutrição e as crises de asma, portanto devemos ter cuidado com aquilo que colocamos no prato. Alguns nutrientes são potencialmente benéficos enquanto outros podem funcionar como desencadeadores dos sintomas.

5c75efd1f3aae16de1208f3195554462
Alguns alimentos podem melhorar ou piorar a saúde respiratória

Cafeína – A cafeína funciona como broncodilatador, podendo revelar-se útil para melhorar os sintomas de falta de ar.

Maçãs – Um estudo britânico revela que comer duas a cinco maçãs por semana ajuda a reduzir em 32% o risco de asma.

Bananas – Ricas em vitamina B6, as bananas são um componente vital na dieta de quem sofre de problemas respiratórios. A vitamina B6 ajuda a reduzir a intensidade e a frequência das crises de asma.

Sementes de linhaça – Por serem ricas em magnésio, as sementes de linhaça ajudam a relaxar os músculos em volta dos brônquios e as vias aéreas, ajudando a mantê-las abertas.

Uvas, frutas cítricas, mirtilos e framboesas – Frutas ricas em quercetina têm propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e anti-histamínicas, que ajudam no alívio dos sintomas.

Salmão, sardinha, tofu, canola – Alimentos ricos em Ômega 3 contêm propriedades anti-inflamatórias que ajudam a diminuir os sintomas da asma. Contrariamente, alimentos ricos em gorduras Ômega 6, como margarinas, molhos de saladas, frituras como os salgadinhos, alimentos industrializados e comidas processadas podem aumentar o risco de crises de asma.

Cenoura, tomate, espinafre, couve, abóbora – Vegetais ricos em vitamina A têm um efeito protetor para o paciente com asma, auxiliando no desenvolvimento, manutenção, diferenciação e regeneração das células epiteliais dos pulmões.

Chat