10 alimentos ricos em proteínas, e que não são carne

É cada vez mais comum a busca por alimentos que possam substituir as carnes em dietas mais restritivas

Seja por uma escolha, um ideal, uma filosofia de vida ou por recomendação médica, de uns anos para cá, muitas pessoas têm diminuído o consumo de carne ou até eliminado de vez esse tipo de alimento dos seus pratos. Como as carnes são ricas em proteínas e, para muitos, a principal fonte desse nutriente, é cada vez mais comum a busca por alimentos que possam substituí-las em dietas mais restritivas. Abaixo, listamos 10 fontes saudáveis de proteínas que podem ajudar quem não come carne a continuar ingerindo esse macronutriente tão importante. Para comparação, 100 g de carne bovina fornecem 26,4 g de proteína.

  • Lentilhas: 4 g de proteína a cada ¼ de xícara (cozidas);
  • Feijões e grão-de-bico: 4 g de proteína a cada ¼ de xícara (cozidos);
  • Queijo Cottage: 14 g de proteína a cada ½ xícara;
  • Sementes de chia: 3 g de proteína por colher de sopa;
  • Edamame (vagem da soja): 5 g de proteína a cada ¼ de xícara (sem casca);
  • Ervilhas: 8 g de proteína por xícara;
  • Quinoa: 8 g de proteína por xícara (cozida);
  • Manteiga de amendoim: 3,5 g de proteína por colher de sopa. Dê preferência para as manteigas de amendoim integrais, que não contêm açúcares e/ou óleos vegetais em sua composição;
  • Amêndoas: 3 g de proteína a cada 15 g;
  • Ovos: 6 g de proteína por ovo grande.

 

CORP-1162377-0021 PRODUZIDO EM MAIO/2017 VÁLIDO POR 2 ANOS

Chat